“Não ocorreu sequestro, apenas um desentendimento”, alega advogado de suspeito de raptar ex-namorada

A funcionária de creche Sidneia Pantano, que foi sequestrada na noite de quinta-feira, dia 17, em Valentim Gentil, foi libertada pelo ex-namorado Antonio Carlos Laranja.

 

A moça passou por exame de corpo delito no hospital da cidade e prestou seu primeiro depoimento na delegacia de Valentim Gentil. Ao lado dela estavam os advogados Murilo Ferreira e Elias Luis Lente Neto, representantes de Antonio Carlos.

 

“Não ocorreu sequestro, apenas um desentendimento entre os dois. O que aconteceu é que o rapaz não é aceito pela família dela. Tudo será esclarecido”, diz o advogado Elias.

Ainda segundo os advogados, Antonio Carlos deve se apresentar para prestar depoimento na delegacia apenas na segunda-feira, dia 20. Eles não dizem qual a localização do cliente.

Para Polícia Civil  será solicitado à Justiça a prisão de Antonio Carlos, se Sidneia confirmar em depoimento que foi levada a força pelo ex-namorado.

O sequestro

O sequestro aconteceu na tarde de quinta-feira, dia 16, em Valentim Gentil.

Segundo informações da Polícia Militar, Sidneia Pantano estava no carro do padrasto, que foi buscá-la no trabalho, quando o veículo foi cercado por carro conduzido  pelo ex-namorado, Antonio Carlos Laranja, que provocou um acidente.

Depois da colisão, rapidamente, o rapaz abriu a porta do carro do padastro e arrancou a moça, colocando-a em seu veículo e fugiu. Como o carro avariado, o padastro não conseguiu manobrar a tempo de perseguí-los.

Já havia o temor de ação agressiva do ex-namorado, que era impedido por uma ordem da justiça de se aproximar da mulher.

Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password