Município registra 53 focos de incêndio

Tempo seco e época de estiagem aumentam as queimadas e o trabalho do Corpo de Bombeiros no combate ao fogo

Votuporanga e região passa por um período de longa estiagem caracterizado pela ação dos ventos, baixa unidade relativa do ar e ações acidentais ou premeditadas do homem, fazendo com que os focos de incêndio em terrenos baldios, margens de rodovias, pastagens e área de vegetação natural aumentem significativamente, exigindo atuação diária pelo Corpo de Bombeiros. De julho até o dia 20 de agosto, foram registrados 53 focos de incêndio na cidade e região. Sendo 29 queimadas em vegetação natural e 24 e vegetação cultivada.

Em entrevista ao A Cidade, a 1º Tenente dos Bombeiros e chefe do setor de assuntos civis, Lidiara Beatriz Kurachi Lenarduzzi, disse que é importante que a sociedade colabore com a conscientização diante do quadro enfrentado, ou seja, o aquecimento global que se agrava com as queimadas.

A Cidade: Como prevenir, ou melhor, evitar a ocorrência de incêndios florestais (queimadas), principalmente em pastagens?

Tenente dos Bombeiros: Jamais, ao trafegar em pistas, arremessar pontas de cigarros acesos ou fósforos nos canteiros das estradas, pois, caso ocorra o incêndio, pode prejudicar a visibilidade dos motoristas; não soltar balões; evitar a queima de mato em pastagens e terrenos baldios; evitar a queima de mato próximo a linhas de transmissão de energia e estradas de ferro; não acender fogueiras, principalmente na beira de rios; construir aceiros de forma adequado e com margem de segurança; ao atravessar trilhas, não arremessar pontas de cigarros; evitar manifestações religiosas com a utilização de velas em vegetação seca e rasteira. Manter terrenos baldios limpos e capinados.

A Cidade: Quais as consequências para o meio ambiente?

Tenente dos Bombeiros: Poluição do ar atmosférico, através das fuligens; destruição de ninhos, filhotes e ovos de animais silvestres; desagregação da cadeia alimentar de pequenos mamíferos, répteis e aves; empobrecimento do solo; afetar a segurança do trânsito nas estradas e rodovias, prejudicando a visibilidade dos motoristas, podendo gerar acidentes; e acarretar problemas de saúde, causando transtornos respiratórios, dermatológicos e oftalmológicos, afetando principalmente pessoas idosas e crianças.

A Cidade: Onde são os principais pontos de incêndios?

Tenente dos Bombeiros: Pastagem; margem de rodovias; terrenos baldios; mata próximo a condomínios. O período sazonal das queimadas é de maio a outubro e os moradores são os principais responsáveis pelos pequenos incêndios.

A Cidade: Quais as principais causas de incêndio?

Tenente dos Bombeiros: Condições climáticas como a umidade relativa do ar, alta temperatura, ação dos ventos e longo período de estiagem. No fator humano, pode ser premeditada e acidental.

A Cidade: Quais as punições que uma pessoa pode ter, caso seja flagrada ateando fogo?

Tenente dos Bombeiros: De acordo com a Lei de Crimes Ambientais 9605/98: Art. 41, pProvocar incêndio em mata ou floresta renda pena de reclusão, de dois a quatro anos, e multa, Parágrafo único. Se o crime é culposo, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa. Art. 42. Fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano, tem pena de detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Isabela Jardinetti/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password