Multas por uso de celular ao volante crescem 22% em São Paulo

No ano passado, foram 430 mil autuações por esse tipo de infração.
Dados são de site lançado em fevereiro pela Prefeitura.

As multas por uso de celular ao volante na cidade de São Paulo cresceram 22% de janeiro a novembro do ano passado na comparação com o mesmo período de 2014. Os números estão no site Painel Mobilidade Segura, lançado em fevereiro pela Prefeitura para permitir aos motoristas consultar o mapa das multas e dos radares da capital.

Em 2015 foram 430 mil multas por uso de celular no trânsito. De janeiro a novembro de 2014, tinham sido 353,3 mil. Em 2013, a marca chegou a 339,6 mil. Dirigir usando o celular rende multa de R$ 85,13 e a perda de 4 pontos na carteira de habilitação.

O crescimento de 22% é menor proporcionalmente do que o aumento de multas considerando as demais infrações. De janeiro a novembro de 2015 foram 11,8 milhões de multas, 27,1% mais que as 9,3 milhões registradas em todo o ano de 2014 na capital paulista, segundo o novo método de contagem da CET.

Anteriormente, a companhia havia divulgado que 2014 teve 10,6 milhões de multas, mas afirma que considerava todas as notificações, e que algumas multas posteriormente são canceladas.

Pesquisa
Uma pesquisa divulgada em janeiro pelo Hospital Samaritano de São Paulo aponta que 80% dos motoristas usam o celular enquanto dirigem e 8% não mudariam de comportamento de jeito nenhum.

“Quando eu estou olhando para o celular, lendo e digitando, eu estou fazendo várias ações. A última coisa que eu vou pensar é no trajeto que eu estava executando”, alerta Renato Anghinah, coordenador do Núcleo de Neurologia do hospital.

O levantamento feito com 4,1 mil condutores apontou ainda que 42% dos entrevistados enviam mensagens de texto ao volante. Uma troca de mensagens no celular tira 23 segundos da atenção no trânsito.

“O grande problema é que você não vai ter como se preparar para um acidente. Se a pessoa está a 100 km/h e ela perde a direção, ela não vai frear”, diz Diogo Garcia, coordenador do centro de trauma do Samaritano.

Site
A Prefeitura de São Paulo lançou no fim de fevereiro um site mostrando a localização dos radares da cidade e o número de multas aplicadas por cada um deles, os tipos de infrações detectadas e os dias e horários, além da evolução de acidentes e de mortes no trânsito.

O site http://mobilidadesegura.prefeitura.sp.gov.br/ traz ainda ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de São Paulo dentro do Programa de Proteção à Vida. Há dados disponíveis desde 2013 e até novembro de 2015.

O site mostra ainda que o dia com mais infrações em 2015 foi quinta-feira, com média de 1,9 milhão de infrações por dia. E o mês com mais autuações foi outubro, com 1,3 milhão de multas.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password