Mulher tenta levar celular para marido na prisão

Caso aconteceu no CDP de Rio Preto. Celular e um cabo estavam escondidos dentro da genitália da mulher. As visitas flagradas tentando entrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente excluídas do Rol de Visitas.

A Secretaria da Administração Penitenciária informou que no último dia 24 de dezembro, véspera de Natal, por volta das 8h30, V.A.M. foi surpreendida tentando entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José do Rio Preto com um invólucro contendo um aparelho celular e um cabo para o aparelho.

Durante o procedimento de revista, após o acionamento do aparelho detector de metais, a mulher confessou que estava com os materiais na genitália, que deveriam ser entregues ao companheiro que encontra-se cumprindo pena no local.

Logo depois, V.A.M. foi conduzida ao Plantão Policial pelos funcionários da unidade, onde foi lavrado um boletim de ocorrência. Segundo informações da Administração da Penitenciária, foi instaurado um Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade do preso.

Deve-se observar que as visitas flagradas tentando entrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente excluídas do Rol de Visitas.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password