Mulher é brutalmente assassinada a facadas no Pozzobon

Votuporanga amanheceu nesta quarta-feira (6), com a notícia de mais um crime bárbaro. A empregada doméstica  Sirlei Aparecida de Melo, de 45 anos, foi morta com golpes de arma branca, possivelmente um facão, no meio da rua Rio Solimões, cruzamento com a Joaquim Seraphim da Silva, na Zona Norte da cidade. O suspeito, conhecido por “Cachorrão”, fugiu do local após o crime, deixando para trás um boné e um sapato. Segundo a polícia, que faz diligências na busca pelo autor, ele fugiu em um automóvel Ford Escort, de cor dourada.

O  crime aconteceu por volta das 6h45. Informações preliminares apuradas pela equipe do A Cidade, a primeira a chegar ao local dos fatos, dão conta de que autor e vítima tiveram um relacionamento amoroso. Nesta manhã, o autor teria dado voltas com seu automóvel, em torno à casa de vítima. Quando ela estava próxima a um ponto de circular, teria sido abordada e perseguida, porém, alcançada. O crime ocorreu a poucos metros da casa de Sirlei.

A vítima foi atingida por vários golpes. Um deles teria decepado uma das mãos, possivelmente quando ela tentou se defender do ataque. Outros atingiram a cabeça, no rosto, e também a região abdominal.

A PM foi imediatamente acionada e Sirlei teve a morte constatada no local, após a chegada de um médico da equipe do Samu. Peritos do Instituto de Criminalística foram ao local e fizeram minuciosa perícia da cena do crime. Os trabalhos foram acompanhados de perto pela delegada Edna Rita de Oliveira Freitas, titular da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). Existe uma informação, ainda não confirmada pela polícia, de que a vítima tinha uma medida protetiva da Justiça, que impedia que o autor se aproximasse dela. O crime chamou a atenção de dezenas de pessoas, já que aconteceu em uma região residencial e bastante povoada.  (Jociano Garofolo – A Cidade).

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password