Mulher diz que aguarda há mais de um ano por cirurgia

A luta de Regina Conceição Vilas Boas Malaquias já passa de um ano. Com problemas de urinoginecologia, ela aguarda há mais de um ano para fazer uma cirurgia. O procedimento chegou a ser marcado no dia 26 de junho, mas foi adiado faltando três horas para a operação.

Dona Regina falou com o jornal A Cidade sobre o seu caso. Depois de várias consultas, ela conseguiu agendar a cirurgia na Santa Casa de Votuporanga. Mas, foi avisada no dia que o hospital remarcaria a operação. “Eu fui internada às 16h do dia anterior. Fizeram todos os procedimentos de uma cirurgia. Quando foi no outro dia, às 11h, que vieram falar que o médico não podia. Eu fiquei sem chão”, contou.
Os funcionários orientaram a munícipe para que aguardasse contato para que a cirurgia fosse remarcada. “Entrei em contato com as Secretarias de Saúde e de Assistência Social e disse que precisava de uma solução”, disse.
No último dia 1°, ela passou por uma consulta, quando foi constatado alteração. “O exame foi remarcado para o dia 18 e no dia 23, o médico irá avaliar os resultados”, afirmou.
Dona Regina destacou que tem pressa na operação. “Eu tenho me cuidado, mas sei que não estou bem. Tenho que fazer logo a cirurgia”, ressaltou.

Outro lado
A Santa Casa de Votuporanga informa que a paciente Regina Conceição Vilas Boas Malaquias, esteve internada no hospital em 25/06/13 para uma cirurgia eletiva (não emergencial), no dia 26/06/13, data em que o médico cancelou o procedimento por motivo pessoal (falecimento de um amigo).
A paciente recebeu as orientações necessárias do médico e está em tratamento porque os novos exames (pré-operatórios) apontaram que a mesma não estava apta a passar por cirurgia, sendo necessário iniciar tratamento com medicação. (Andressa Aoki – A Cidade)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password