Mulher de 64 anos é presa por furto em joalheria

Maria Silvia Taipo, de 64 anos, foi presa por policiais civis em Frutal (MG) suspeita de furtar uma joalheria em shopping de Rio Preto no último dia 2 de março. A idosa já tinha sido detida também, pouco antes, por um suposto furto em uma joalheria de Votuporanga, mas liberada logo em seguida.

Segundo informações da DIG, que fez a prisão, a investigação começou com a verificação da imagens do circuito interno da joalheria de Rio Preto, que registrou o momento em que a idosa teria praticado o furto na loja.

Ainda segundo a polícia, para furtar as lojas, a idosa se passava por cliente, interessada em peças de ouro e brilhante. E pedia para ver os mostruários. Quando a vendedora se distraía, ela colocava as peças em sua bolsa.

Sem saber a identidade dela, os policias compartilharam as imagens da rede interna policial. A mulher foi apontada por policiais de Frutal, que avisaram a DIG de Rio Preto.

Os investigadores foram até Frutal e, juntamente com os policiais mineiros, detiveram a suspeita. Com ela foram encontradas algumas peças furtadas da joalheria de Rio Preto, que foi reconhecida pelo empresário vítima do furto.

Presa em flagrante, a mulher aguarda transferência para uma cadeia feminina.
Créditos da matéria: Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password