Mulher de 37 anos morre durante exame de diagnóstico

SANTA FÉ DO SUL – Uma moradora de Santa Fé faleceu na manhã desta quinta-feira (30/10), por volta das 9 horas, após passar por um exame de Urografia Excretora, na Sala de Diagnóstico da Santa Casa de Misericórdia da cidade.

Segundo o Boletim de Ocorrência, Viviane Carvalho Alves, de 37 anos, apresentou sinais de choque, hipotensão, taquicardia, sudorese, cianose generalizada e dificuldade respiratória, durante o exame.
Então, ela foi encaminhada para a sala de emergência do hospital, onde foi intubada e recebeu manobras de ressuscitação cardiopulmonar, entretanto não resistiu e faleceu.

O corpo foi encaminhado para São José do Rio Preto, para ser realizado exame necroscópico a fim de determinar a causa da morte, e não há previsão para o início do velório. Ela era casada e tinha filhos, e era proprietária da empresa Leve Light, através da qual fabricava diversos tipos de pães caseiros.

A Urografia Excretora é um exame radiológico feito em casos de dores nas vias urinárias, hematúria, infecção, obstrução aguda, massas renais, urolitíase, nefrocalcinose e anormalidades congênitas.

Como é feito o exame: 

O preparo para o exame inclui jejum de 8 horas e esvaziamento intestinal por meio de laxantes orais e retais, visando livrar o intestino de conteúdos que podem obscurecer as imagens dos rins e das vias urinárias excretoras.

O paciente fica deitado numa mesa, de barriga para cima, e recebe por via venosa um contraste iodado opaco aos raios X, o qual começa a ser rapidamente eliminado pela urina. Em seguida, faz-se a radiografia do abdômen.

A urografia excretora possibilita a avaliação do tamanho, eixo, contorno e simetria funcional dos rins, fornece uma visão de sistema coletor de urina e do perfil, volume e retenção pós miccional da bexiga. Outras informações na edição impressa deste sábado, dia 1º de novembro.

(ojornaldesantafe)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password