Motorista embriagado em acidente fatal é condenado

Elza Maria Celini, moradora de Valentim Gentil e que trabalhava como cozinheira no Posto Gramadão, em Meridiano, morreu após ter a moto que conduzia atingida na traseira por um carro

Um motorista embriagado, apontado como causador de um acidente que tirou a vida da cozinheira de 55 anos de idade, em janeiro, na rodovia Euclides da Cunha (SP-320), foi condenado na última terça-feira (23) a pagar indenização no valor de R$ 144.800. Ele conduzia um automóvel, no sentido Meridiano a Valentim Gentil, que bateu fortemente contra a traseira da moto da vítima, que morreu no local.

O motorista é um professor de Educação Física, de Populina, identificado apenas como E.D.M. Ele foi preso no local do acidente pela Polícia Rodoviária e levado à Delegacia de Valentim Gentil. Além da condenação por danos morais aos filhos da vítima, o motorista responde a processo criminal.

A fatalidade aconteceu no dia 9 de janeiro de 2014. Elza Maria Celini, moradora de Valentim Gentil e que trabalhava como cozinheira no Posto Gramadão, em Meridiano, morreu após ter a moto que conduzia atingida na traseira por um carro. O acidente aconteceu por volta das 5h30, no quilômetro 530 da rodovia Euclides da Cunha. A vítima estava a caminho do trabalho. A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password