Moto de 1.000 cv busca bater recorde de velocidade de 644 km/h

Com objetivo de quebrar o recorde mundial de velocidade para motos, a Castrol Rocket foi desenvolvida nos Estados Unidos para chegar a 644 km/h. Seu sistema de propulsão é feito por dois motores do modelo Triumph Rocket III que, juntos, atingem potência superior a 1.000 cv a 9.000 rpm.

Para equipar a moto, os dois motores, de três cilindros cada, tiveram a cilindrada reduzida, passando dos 2.294 cc originais, para 1.485 cc cada. Para rápidas arrancadas, o torque máximo alcançado é de poderosos 69,12 kgfm.

O modelo é fruto de uma parceria entre a Triumph, fabricante inglesa de motos, a marca de lubrificante Castrol, além da preparadoras Hot Rod Conspiracy e Carpenter Engines. Fibra de carbono e kevlar são componentes presentes no chassi, tornando o veículo mais leve.

Com 7,62 metros de comprimento e envolta por carenagens, a Castrol Rocket se enquadra nas categoria de motos “streamliner”. O recorde atual a categoria é de 2010, obtido por Rocky Robinson com o modelo Ack Attack streamliner, que alcançou 605 km/h.

Após testes em 2013, o modelo deve ser levado ao deserto de sal de Bonneville, nos Estados Unidos, em 2014, para tentar quebrar o recorde. O piloto escolhido para a façanha é Jason DiSalvo.

Em julho passado, o piloto americano Bill Warner faleceu, em Maine, nos Estados Unidos, quando tentava atingir um recorde de velocidade com sua Suzuki Hayabusa. O acidente ocorreu quando o piloto estava a mais de 459 km/h.

 

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password