Morre o homem que levou sete tiros em Votuporanga

Faleceu nesta tarde, no Hospital de Base de São José do Rio Preto, o pedreiro Antonio Wilson Pereira, 43 anos, que levou sete tiros na noite da última quarta-feira, na rua Rio Araguaia, no bairro Pró-Povo.

Após ser alvejado pelos sete tiros, sendo que três atingiram a cabeça da vítima, ela foi transferida em estado grave para o Hospital de Base de Rio Preto, onde teve morte cerebral por volta do meio dia de hoje.

Segundo o irmão da vítima, Wilson Pereira, a família autorizou a doação de todos os órgãos da vítima. “Entendo que a vida do meu irmão não volta, mas essa ação vai salvar outras vidas”, disse.

O irmão disse ainda que a Polícia já tem algumas pistas do criminoso e que o caso deve ser solucionado nos próximos dias. “A polícia já tem pistas sobre o assassino”, disse. Wilson disse que seu irmão esteve preso recentemente cumprindo pena por tráfico de drogas no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Rio Preto e estava em liberdade nos últimos dias. “Espero que a polícia encontre os culpados o quanto antes”, disse Wilson.

O caso

Antonio teve 3 ferimentos na cabeça, 2 no braço esquerdo e 2 no punho direito. Após avaliação do caso, o paciente foi transferido para serviço especializado em Neurocirurgia de São José do Rio Preto, nesta quinta-feira (18), por volta das 10 horas, em estado grave.

Cardura, como era conhecido foi vítima de tentativa de homicídio na noite desta quarta-feira, no bairro Santa Amélia, em Votuporanga.

Conforme informações colhidas pela reportagem do votunews, o crime aconteceu na rua Rio Araguaia, 3615, no final do bairro Santa Amélia, na zona norte de Votuporanga. O acusado efetuou pelo menos sete disparos de arma de fogo, três deles atingiram a vítima, sendo dois projéteis nos braços direito e esquerdo e um na cabeça.

Testemunhas disseram que ouviram gritos de corre, corre e dos tiros disparados na rua e viram quando a vítima gravemente ferida ainda conseguiu pedir socorro, caindo em uma calçada próximo a um bar. Ao seu lado, a Polícia Militar encontrou uma testemunha desmaiada, sendo a peça principal para chegar ao acusado.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password