Morre jovem atingida por panela com óleo fervente

Jociano Garofolo
A jovem votuporanguense Larissa Danieli de Melo, de 25 anos, não resistiu às graves queimaduras sofridas após um acidente doméstico, no último dia 25, em uma residência no bairro das Jabuticabeiras, em Votuporanga, e faleceu na noite do último domingo. A vítima estava internada após ter o corpo atingido por uma panela com óleo escaldante.
Larissa faleceu às 4h do último domingo, no Hospital Padre Albino, vítima de insuficiência respiratória. Ela deixou o esposo Melquior Manuel Gonçalves e os filhos Guilherme Henrique de Melo Gonçalves e Ricardo Augusto de Melo Gonçalves. Natural de Votuporanga, sempre residiu na cidade, tendo como último endereço a rua João Lopes Rodrigues, n.º 1.750, no bairro Jabuticabeiras.
Segundo o boletim de ocorrência, o acidente doméstico, que acabou vitimando a jovem, ocorreu por volta das 19h30 de 25 de outubro, uma quinta-feira. Familiares tentavam apagar o fogo numa panela com óleo quente sobre o fogão, que acabou arremessada pela janela, atingindo a moça, que passava pelo corredor.
O investigador Bianchini e o agente policial Valdir, da Polícia Civil, compareceram ao Pronto Socorro da Santa Casa para atendimento de uma ocorrência de lesão corporal culposa (ou seja, sem intenção). Na portaria do hospital, os policiais foram informados por uma testemunha, que estava no interior de sua casa, com uma panela de gordura sobre o fogão que, de repente, começou a pegar fogo. O irmão da testemunha tentou ajudar e, para não incendiar a casa, atirou a panela pela janela da cozinha.
A panela em chamas e, com óleo fervendo, atingiu Larissa, que passava pelo local, queimando parte do corpo da vítima. Imediatamente, ela foi socorrida pela unidade de resgate do Samu e levada ao hospital, de onde foi transferida para Catanduva, onde permaneceu internada por 16 dias e acabou falecendo.
Larissa Danieli de Melo era evangélica e frequentava a Igreja Congregação Cristã do Brasil. O corpo foi velado por familiares e amigos no Velório do Cemitério Parque Jardim das Flores e enterrado às 17h30 de ontem no Cemitério Parque Jardim das Flores.
Morte suspeita
Também no final de semana, um carpinteiro de 73 anos foi encontrado morto dentro de casa, no bairro Estação, em Votuporanga. A Polícia Militar foi chamada por familiares que encontraram o idoso, identificado como Agostinho Thomé, já sem vida. Vizinhos suspeitaram do silêncio na casa e chamaram o filho da vítima.
A porta da sala, foi então, arrombada. Ao adentrar no imóvel, os familiares encontraram o corpo na sala. A Perícia Técnica esteve no local para investigar as causas da morte. A suspeita é de morte natural, mas o boletim de ocorrência foi registrado como “morte suspeita”, para maiores esclarecimentos. O caso também foi encaminhado à DIG (Delegacia de Investigações Gerais).

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password