Moradora da região morre vítima da gripe H1N1

TABAPUà– A primeira morte do ano provocada pela gripe H1N1 foi confirmada na tarde desta segunda-feira (18), pela Secretaria de Saúde de Tabapuã. Rosinalva Lima Zanella, que tinha 38 anos morreu na última quinta-feira, dia 14, mas só hoje que a morte pela doença foi confirmada.

Segundo a Secretaria, Rosinalva estava internada desde o dia 1º de janeiro no Hospital Padre Albino, em Catanduva com a suspeita da doença. O resultado dos exames com a suspeita da doença saiu no dia 8, mas ela acabou seis dias depois.

Ainda de acordo com Secretaria de Saúde, familiares e pessoas que tiveram contato com a paciente já estão fora de risco e todos os cuidados continuam sendo tomados dentro dos hospitais e UBS’s do município.

O corpo da jovem foi enterrado no último fim de semana no cemitério da cidade. A Influenza A H1N1 é uma doença transmitida por um novo tipo de vírus da mesma família que transmite a gripe, porém que leva à morte.

Ainda no Hospital Padre Albino, outras quatro pessoas estão internadas com a gripe. Os casos foram conformados através de laudo pelo Hospital.

Gazeta do Interior

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password