Mirassol encara o Barbarense nas quartas

O Mirassol terá uma parada indigesta no seu caminho rumo à elite. O Barbarense será o adversário do Leão da Araraquarense nas quartas de final do Campeonato Paulista da Série A-2, que começa no próximo fim de semana. Como foi o terceiro melhor na fase inicial, com 37 pontos depois da vitória de 2 a 1 sobre o Batatais, domingo, no estádio Maião, pega o sexto colocado, que bateu o Votuporanguense por 2 a 0 e chegou aos 30 pontos.

Uma particularidade do confronto é que o Mirassol está com o time de Santa Bárbara D’Oeste atravessado na garganta, uma vez que foi derrotado pelo Barbarense por 2 a 1, mesmo jogando no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, na 14ª rodada, no dia 15 de março. “Nessa reta final temos um grupo preparado e forte. Sabemos das nossas limitações. Não temos um Neymar ou um Messi, mas temos bons jogadores, que quando entram para decidir, concentrados, podem ganhar de qualquer adversário em qualquer hora e local”, disse o técnico Moisés Egert.

O Mirassol fará o primeiro jogo na casa do rival, mas a data e horário serão definidos no Conselho técnico da A-2, que acontece nesta terça-feira, dia 5, às 14h30. Os outros confrontos das quartas de final são: São Caetano x Santo André, Bragantino x Batatais e Barretos x Taubaté.

Diante do Batatais, o Leão entrou com uma equipe reserva, tendo apenas o goleiro Edson e o zagueiro Reniê da base titular. “Foi uma equipe alternativa. Poupamos alguns jogadores em razão do desgaste sofrido durante o campeonato. O grupo teve um comportamento fantástico e ganhamos com isso. Temos um padrão e uma proposta de jogo definidos”, disse Egert, elogiando as atuações dos pratas da casa Murilo e Luís Oyama, além dos suplentes Jardson Sapé e Marcílio.

“Ganhamos jogadores para essa reta final onde a margem de erro tem de ser mínima”, disse o treinador, lembrando que essa é a melhor campanha do clube na primeira fase desde que caiu para o A-2. Em 2014 e 2015 foi 5º colocado após as 19 rodadas. Nos dois anos, sem fase final, subiram os quatro primeiros. Neste ano entrou em cena o sistema de mata-mata até que se apurem os dois que subirão à elite.

O Votuporanguense, que acabou derrotado pelo Barbarense, finalizou a primeira fase em 12º lugar, com 24 pontos, cinco abaixo da zona de classificação. Já rebaixado, o Monte Azul apenas cumpriu tabela e ficou no empate sem gols com o também rebaixado Marília, jogando no estádio Bento de Abreu. O Azulão terminou em 16º, com 18 pontos. Além dos dois, caíram Paulista de Jundiaí, Independente de Limeira, Atlético Sorocaba e Rio Branco de Americana.

Mirassol 2 X 1 Batatais

Ficha técnica:

Mirassol

Edson; Paulo Sérgio, Alex Santos, Reniê e Marcílio (Luiz Fernando); Leandro Carvalho, Johnnattan, Luís Oyama e Jardson Sapé (Wágner); Fagner (Júlio César) e Eric. Técnico: Moisés Egert.

Batatais

Douglas; Felipe Gregory, Bruno Formigoni, Guilherme Noé e Alexandre Lanza (Rafael Toledo); Thiago, Juninho, Gabriel e Pedrão; Márcio Luís (Deivid) e Adelino (Eliandro). Técnico: Thiago Oliveira.

Gols: Jardison Sapé aos 48 minutos do 1º tempo. Eliandro aos 35 e Wágner aos 41 minutos do 2º tempo. Árbitro: Norberto Luciano Santos da Silveira. Renda: R$ 10.950,00. Público: 1.836 presentes. Local: estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, na manhã de domingo, dia 3.

 

Barbarense 2 X 0 Votuporanguense

Ficha técnica:

Barbarense

Moisés; Rodrigo Mann, Vinícius, Leomar e Sávio (Lucas Cunha); Felipe Recife, Marllon, Braian Samúdio (Lucas Vieira) e Alisson Costa. Vítor e Everton Dé (Felipe Pará). Técnico: Cléber Gaúcho.

Votuporanguense

Cairo; Alessandro, Paulo Henrique, Alex Moraes e Janílson Madona; Anderson Pedra, Vítor Xavier (Rafael Amoroso), Rafael Mineiro (Rafael Aidar) e Jean Natal; Reinaldo Alagoano e Dairo (Léo). Técnico: Fahel Júnior.

Gols: Vitor aos 16 minutos 1º tempo. Felipe Recife aos 33 minutos do 2º tempo. Árbitro: Adriano de Assis Miranda. Renda: R$ 17.060,00. Público: 1.058 pagantes. Local: estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, em Santa Bárbara D’Oeste, na manhã de domingo.

 

Marília 0 X 0 Monte Azul

Ficha técnica:

Marília

Gerson; Carlos Henrique (Hebert), Marquinhos, Paganelli e Werbeth (Diego); Romário, Ian, Alisson (Leonardo) e Willian Kremer; Tiago e Thiago Santos. Técnico: Carlos Rabelo.

Monte Azul

Igor; Arthur Gaúcho, Vinicius, Leonardo e Sidney; Alex (Murilo), Jo, Ewerton Ageu e Renato Peixe; Diego (Rodrigo) e Jhonny (Bruninho). Técnico: Wilson Júnior.

Árbitro: Anderson Faustino Cordeiro. Expulsão: Arthur Gaúcho. Renda: R$ 2.510,00. Público: 233 pagantes. Local: estádio Bento de Abreu, em Marília, na manhã deste domingo, dia 3.

Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password