Mesmo colecionando vitórias, skatista pede apoio ao esporte

Vitórias e falta de apoio. Assim tem sido a vida esportiva do skatista de Votuporanga, Vinícius Moretti Montoro, de 21 anos. Campeão na categoria amador no estilo street, Moretti deixou para trás 50 participantes na competição “Rua Skateboard” realizada no ultimo domingo, dia 21, no Júpiter Olímpico, em São José do Rio Preto.

“Esse é o terceiro torneio que eu conquisto nos últimos tempos. Anteriormente conquistei o primeiro lugar em Votuporanga e outro também em Rio Preto”, afirma Moretti em visita ao O Jornal.

Apesar dos resultados expressivos, Moretti, que tem o skate como esporte desde os 10 anos, reclama da falta de ajuda da Secretaria de Esportes e Lazer de Votuporanga, que através de sua escolinha liderada pelo instrutor Carlos Alberto Pereira, o Beto, treina e apoia os skatistas da cidade.

Moretti conta que voltou a praticar o esporte há cerca de dois, e desde então nunca recebeu apoio monetário e nem divulgação de seus resultados, como o do final de semana. “Depois que voltei à ativa eles não me deram mais nenhuma chance”.

“Não tenho patrocínio, tiro dinheiro do meu próprio bolso para participar das competições. Gastei em Rio Preto cerca de R$ 400 com hospedagem, alimentação e combustível para viajar”, salienta o atleta.

“Os atletas da Prefeitura recebem um espécie de bolsa-ajuda para os treinos e competições, que eu não sei quanto é. E alguns que estão recebendo essa ajuda nem foram competir em Rio Preto”, reclama Moretti. O próximo campeonato de Moretti será no domingo, dia 28, em Jales. Nonato O Jornal

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password