Menino ferido em brinquedo de parque recebe alta hospitalar

Acidente foi no parque Cidade das Crianças em São José do Rio Preto. Vítima teve fratura no osso do rosto após base de brinquedo quebrar.

Após três dias internado, o menino de 13 anos que ficou ferido após um brinquedo do parque Cidade das Crianças cair sobre ele, recebeu alta hospitalar na manhã deste sábado (15) e já está em Novo Horizonte (SP). Ele estava internado no Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP) e passou por cirurgia na sexta-feira (14) porque teve fratura no osso do rosto.

A mãe de Giovani de Paula Ramalho, Márcia Roque Ramalho, diz que na terça-feira (18) deve levá-lo de volta ao hospital para tirar os pontos e que o filho terá de fazer repouso por 30 dias. “Ele está bem calado, acho que está assustado com tudo o que aconteceu. Daqui seis meses, ele deve ser reavaliado pela equipe médica para ver se precisará passar por outra cirurgia”, diz.

Márcia afirma que na próxima semana vai entrar com ação na Justiça contra a prefeitura por acreditar que os brinquedos do local estavam sem manutenção. O Ministério Público abriu inquérito na quinta-feira (13). O promotor André Luís Souza quer saber o que aconteceu no acidente e disse que a investigação não ficará restrita ao parque. Ele não descarta a interdição da Cidade das Crianças, caso fique provado que há riscos para outras crianças. “Desde que tenhamos elementos técnicos para isso, iremos solicitar a interdição do parque”, diz.

A TV TEM constatou na quinta-feira a situação precária de vários brinquedos. A família registrou boletim de ocorrência como lesão corporal culposa e, de acordo com o delegado, os familiares deverão ser ouvidos nas próximas semanas.

Entenda o caso
A vítima é de Novo Horizonte (SP) e veio a Rio Preto com a família em uma excursão para visitar o parque, que é gratuito e administrado pela prefeitura. O brinquedo quebrou na base. Toda a estrutura cedeu e caiu em cima do menino. O brinquedo foi interditado depois do acidente. A administração do parque colocou uma fita para impedir o uso.

A assessoria de imprensa da prefeitura respondeu que a direção da Cidade das Crianças prestou todo o atendimento de urgência, encaminhou o garoto para o hospital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e que a Secretaria de Esportes acompanha o caso, junto com a família, e vai investigar as circunstâncias que causaram o acidente. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password