Menina foge de casa e diz que era espancada pela mãe em Rio Preto

Criança de dez anos estava com marcas de agressão. Mãe negou agressão; menina foi recolhida pelo Conselho Tutelar

Uma criança de 10 anos foi parar na delegacia após ser encontrada sozinha quando caminhava pela Rodovia BR-153, em São José do Rio Preto (SP), na noite de quarta-feira (8). A menina disse à polícia que fugiu de casa para não ser espancada pela mãe, que negou as agressões.

Segundo informações da polícia, uma mulher passava pela rodovia quando viu a menina e parou para conversar. “Ela contou que estava fugindo de casa porque a mãe achou uma embalagem de camisinha e acusou-a de ter usado, mas ela disse que não fez isso. Ela disse que estava perdida há cerca de quatro horas. Estava muito assustada”, relata a doméstica Sônia de Fátima da Silva.

A menina tinha marcas de agressão nas pernas. Em entrevista à TV TEM, ela disse que as marcas são resultado das surras que levou da mãe. “Se eu for pra casa minha mãe vai me bater, vai ficar mais furiosa do que tá agora, e eu não vou vai aguentar”, desabafou.

Segundo o delegado Éder Galavoti, a menina manteve a versão de que a mãe estava furiosa porque tinha encontrado um preservativo na casa e achou que a menina tinha usado.

A mãe prestou depoimento na delegacia, negou as agressões relatadas pela filha e foi liberada em seguida.

Galavoti registrou um termo circunstanciado e irá encaminhar o caso para a Delegacia de Defesa da Mulher. “O crime é de maus-tratos. Foi apresentado um termo circunstanciado onde a mãe é a autora das agressões”, explica.

A criança foi recolhida pelo Conselho Tutelar. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password