Menina de 3 anos espera por doador de medula na região

Uma brava guerreira, de apenas 3 anos e dez meses de idade de Potirendaba procura por um doador de medula. Isabella Vaccari de Souza, uma criança cheia de vida que do dia para a noite descobriu que tem uma doença tão grande para um anjo tão pequeno.

A mãe, a dona de casa, Michele Vaccari de Sousa, conta que tudo foi muito rápido. “Ela foi diagnosticada com aplasia medular no dia 30 de agosto e já começou o tratamento. Estamos aqui em Campinas e vamos ficar aqui dois meses para o tratamento, depois retornaremos para Potirendaba”, explica.

A aplasia medular é uma doença caracterizada pela deficiência medular, ou seja, é a disfunção da medula óssea, um estágio mais grave da leucemia. A doença separada em dois níveis, a moderada e a grave. Isabella trata da leucemia do tipo congênita, o tratamento mais eficaz contra a aplasia medular é o transplante de medula óssea.

O doador quase sempre pode ser um familiar, onde a chance de o doador ser um irmão é igual a 25%, já para um doador desconhecido as chances caem para uma em 100 mil. Isa é filha única, aumentando ainda mais a dificuldade.

“Quero muito fazer um apelo e pedir para todos que possam ser doadores para eu tentar salvar a minha filha. Estamos desesperados, a Isa é uma criança doce, maravilhosa. Peço muito a ajuda de todos”, diz Michele.

Quem quiser procurar direto o hemocentro de Rio Preto fica na Rua Feres Kfouri, 80, no Jardim Panorama. O telefone é (17) 3201-5151.
Gazeta do Interior

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password