Megaoperação da Polícia Civil prende quatro pessoas

Uma megaoperação da Polícia Civil de Votuporanga prendeu nesta sexta-feira, quatro pessoas acusadas de tráfico de drogas, entre elas, pai e filho, um homem e sua amásia.
Conforme informações da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes – DISE, foi realizada Operação da Polícia Civil, em cumprimento a Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar autorizados judicialmente, visando coibir o tráfico de drogas e outros delitos na cidade, com participação de policiais da DISE, DIG e Policiais civis da Sub-Região pertencente à Delegacia Seccional de Polícia de Votuporanga.
Na rua Mario Ferreira, no Bairro São João, foram presos pai e filho, sendo eles M.E.S, vulgo “Garibaldi”, 19 anos de idade e J.M.S. de 64 anos de idade.
No momento da investida policial, M.E.S. tentou se evadir, mas foi contido em um Centro de Convivência localizado ao lado de sua residência sendo que no lugar onde tentou se esconder foi encontrada uma sacola contendo cinco invólucros grandes de crack e um de cocaína, na residência foram encontrados 10 telefones celulares, dinheiro e objetos para embalar drogas.
Nas buscas os policiais também encontraram no interior de um veículo pertencente a dupla uma sacola contendo aproximadamente 600 gramas de maconha, 14 invólucros do mesmo tóxico embalados e prontos para a venda e uma balança de precisão.
Ambos foram conduzidos para a DISE onde foi elaborado o auto em prisão em flagrante delito pelo Delegado Dr. Antonio Marques do Nascimento, por Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico (artigos 33, 35 e 40 da Lei 11.343/06). M.E.S. possui passagens por roubo, receptação e uso de documento falso e J.M.S. por roubo, estelionato, lesão corporal, embriaguez ao volante, desacato e calúnia.
Prosseguindo nas diligências procederam cumprimento na Rua Timbiras no Bairro São Cosme, onde reside o casal E.F.S.J. vulgo “Ed”, de 29 anos de idade e sua amásia R.A.S. de 20 anos de idade onde os policiais encontraram camuflados entre colchões da cama do casal uma sacola contendo doze eppendorfs com cocaína e treze invólucros de crack prontos para a venda, no interior do guarda-roupas foi localizada uma sacola contendo um invólucro grande de maconha além de materiais utilizados na embalagem de drogas.
Foi dada voz de prisão ao casal e conduzidos a  Especializada onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito pelo Delegado Dr. Antonio Marques do Nascimento, por infração aos artigos 33, 35 e 40 da Lei 11.343/06 (Tráfico e Associação para o tráfico de Drogas).
Os três presos foram recolhidos na  Cadeia Pública de Votuporanga, sendo a mulher conduzida à Cadeia feminina de General Salgado, ficando todos à disposição da Justiça.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password