Médicos retiram fígado, rins e córneas de jovem de 14 anos que morreu após aneurisma

Equipes médicas da Unicamp (Universidade de Campinas) e do Hospital de Base de São José do Rio Preto realizaram, na madrugada desta quarta-feira (15), a captação do fígado, rins e córneas do jovem Vinícius Carvalho de Lima, de 14 anos, que teve morte cerebral em decorrência de um aneurisma.

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, uma paciente de 50 anos, internada no Hospital das Clinicas da Unicamp, foi preparada durante a madrugada para receber o fígado retirado do adolescente, em procedimento realizado às 5h30 desta quarta-feira.

Vinícios teve morte encefálica constatada por volta das 15h de terça-feira, quase 40 horas depois de ter sido internado em quadro clínico grave decorrente do aneurisma cerebral, sofrido na noite de domingo em Guararapes, onde residida com a família. De acordo com informações, Vinícius participava de uma missa quando passou mal.

Removido para a Santa Casa de Araçatuba, o paciente deu entrada as 23h59. Ele foi atendido pelo neurocirurgião Rodrigo Mendonça, que após exames realizados, constatou extensa área hemorrágica no cérebro do paciente. Apesar dos esforços da equipe de neurocirurgia, Vinícius entrou em estado de coma em decorrência de hemorragia intracraniana.

Na manhã desta terça-feira (14) o quadro ficou ainda mais grave, evidenciando a morte cerebral, que acabou sendo constatada após a realização dos vários exames dos protocolos que regem o diagnóstico de morte cerebral.

A família do paciente foi comunicada por volta das 16h30 e autorizou a múltipla retirada de órgãos para doação. No caso, o coração, pulmões, fígado, pâncreas, rins e córneas. No entanto, somente o fígado, os rins e as córneas foram retirados. Os demais órgãos ficaram comprometidos em decorrência das drogas utilizadas para estabilização do quadro do paciente e tentativas de sua recuperação.

Os órgãos foram retirados pela equipe de médicos e enfermeiros da Unicamp, que deve chegou em Araçatuba as 4h. Esta equipe, composta pelos cirurgiões André e Lilian, ficou encarregada de transportar o fígado para ser transplantado no HC de Campinas. Este órgão pode se transplantado em até 12 horas após a retirada. Já os rins, num prazo de 36 horas.

Os rins e as córneas foram retirados do doador por uma equipe do Hospital de Base de São José do Rio Preto, que chegou a Araçatuba por volta da 1h30. Rins e córneas poderão ser transplantados em até quatro pacientes.

Com informações da assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba. AtaNews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password