Matt Damon diz que é fã do ator Wagner Moura

Protagonista de “Elysium”, primeiro trabalho internacional de Wagner Moura, Matt Damon disse que “foi divertido” trabalhar com o astro de “Tropa de Elite” e com Alice Braga no longa e que admira o trabalho dos brasileiros. “Foi ótimo. Sou muito fã dos dois. Foi muito divertido”, disse Damon na entrevista.

“Elysium”

Com direção do sul-africano Neil Blomkamp, Elysium, produção hollywoodiana que marca a primeira aventura estrangeira de Wagner Moura no cinema internacional (e um reencontro com a também brasileira Alice Braga, de quem é amigo desde que fizeram Cidade Baixa, em 2005), é uma ficção científica inferior a Distrito 9, excelente longa de Blomkamp que o alçou ao patamar de grande diretor. Isso porque os aspectos humanos do filme, algo muito importante de se equilibrar em uma história de futuro distópico, têm todos os elementos de novela que já conhecemos desde sempre e que apontam como será o final desde as primeiras cenas. Artifícios como um medalhão que acompanha o protagonista em todos os momentos sentimentais do longa é um bom exemplo disso. Ainda assim, o filme acerta em cheio algumas das questões mais atuais que dominam as crises internacionais.

Em um futuro catastrófico, a Terra, destruída e poluída, além de dominada pela tecnologia e com pouco espaço para a privacidade, abriga os cidadãos pobres. Os ricos, por sua vez, tiveram a oportunidade de comprar um bilhete e se mudar para uma estação fora do planeta, Elysium, onde se refugiaram para manter um estilo de vida em casas de luxo e, o mais importante, com sistema de saúde de ponta – há scanners capazes de detectar e curar qualquer doença do corpo humano em questão de segundos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password