Prefeito Junior Marão contesta sindicato e afirma que dissídio beneficia funcionalismo

No programa de rádio desta semana, o prefeito Junior Marão volta a comentar o reajuste concedido ao funcionalismo, contestando a movimentação do Sindicato, ao salientar que foram incluídas conquistas importantes, que também favorecem aos aposentados.

“A incorporação do adicional de assiduidade, no valor de R$ 90,00, representa um ganho a mais, até porque ele será acrescido também ao décimo-terceiro, décimo-quarto e férias, bem como no cômputo das aposentadorias. Após as eleições, quando a legislação o permite, vamos apresentar um novo adicional de assiduidade, complementando ainda mais a nossa proposta”, afirma Marão.

O prefeito também comenta o adiamento do Festival Literário para agosto e setembro, analisando que esta providência contribuirá para o brilhantismo do evento.

“Com a estrutura que possuímos agora, com a Concha Acústica sediando os espetáculos e as palestras, e, o entorno das praças dos Expedicionários e Igreja Matriz para as outras atividades, o FLIV alcançará um sucesso ainda maior”, acredita. Sobre a recente viagem à São Paulo, Junior Marão revela a assinatura de convênios para realização de obras de infraestrutura urbana.

“Vamos fazer as novas galerias na outra parte da Avenida Jesus Silva Melo, para acabar de vez com as inundações da rua Pe. Paranhos e outras ruas da Vila América”, explica. A promessa de liberação de R$ 2,5 milhões para a Santa Casa e o combate efetivo à dengue foram os assuntos finais.

Com relação à estratégia de combate ao Aedes Aegipty, o prefeito confirma a contratação de mais agentes de saúde, bem como uma série de medidas para conter o avanço da dengue.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password