Mais de 500 mulheres são submetidas ao papanicolau durante ação do Dia da Mulher

Unidades de saúde permaneceram abertas para procedimentos de detecção do câncer de útero e da mama realizados por profissionais

A Campanha de Coleta de Papanicolau e Solicitação de Mamografia realizada nas unidades de saúde de Votuporanga em homenagem ao Mês da Mulher no último sábado (24/3) ofertou exames gratuitos com enfoque na saúde e bem estar do público feminino. Quinhentas e vinte e três mulheres passaram pelo procedimento para a identificação de alterações no colo de útero (papanicolau), além de 306 exames de mamografia agendados para a detecção precoce do câncer de mama.

A ação especial também contou com a orientação de profissionais de saúde que realizaram o exame clínico das mamas e tiraram as dúvidas das pacientes sobre o autoexame.

O objetivo principal do exame do papanicolau é detectar o câncer de colo de útero em estágio precoce ou anormalidades nas células que podem estar associadas ao desenvolvimento desse tipo de tumor. Ele também pode encontrar condições não cancerígenas, como infecções viróticas no colo do útero, tais como verrugas genitais causadas pelo HPV (papilomavírus humano) e herpes, infecções vaginais causadas por fungos, como a candidíase ou por protozoários, como o Trichomonas vaginalis.

As mulheres que tenham iniciado a atividade sexual devem fazer anualmente o exame de prevenção ao câncer de colo de útero, o papanicolau. Em todo ano de 2017, 5,5 mil mulheres de 25 a 64 anos fizeram o exame em Votuporanga.

A mamografia identifica o câncer quando ainda não é palpável em um exame clínico ou através do autoexame realizado pela paciente. Descobertas precoces de cânceres mamários através da mamografia, aumentam muito as chances de um tratamento bem-sucedido.

Os benefícios da mamografia quanto a uma descoberta precoce e a possibilidade do tratamento do câncer mamário são muito significativos, compensando o risco mínimo da radiação e o desconforto que algumas mulheres sentem durante o exame.

A orientação para as mulheres solicitarem a mamografia é para aquelas acima de 35 anos, caso tenham histórico da doença na família e as inseridas no Programa Mulheres de Peito, que atendem mulheres nas faixas de idade de 50 a 69 anos, e demais fatores de risco como tabagismo, obesidade e sedentarismo. O programa realizou 2,8 mil exames de mamografia no último ano no município.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password