Mais de 200 pessoas por dia não pagam o serviço

São 56 quarteirões no Centro de Votuporanga que possuem o estacionamento rotativo, que fica a cargo de 70 agentes

Atualmente, de 3 a 4 pessoas deixam de pagar a Área Azul por quarteirão. O que traz a soma de mais de 200 motoristas por dia que não colaboram com o serviço desenvolvido pelo Centro Social de Votuporanga.

Quando o indivíduo não compra um cartão, que custa R$2, válido por duas horas de estacionamento, os agentes são orientados a colocar o aviso de irregularidade nos carros. A cidade conta hoje com 56 quarteirões que possuem a Área Azul e 70 colaboradores que atuam diariamente nos pontos cadastrados. A multa referente ao não pagamento do serviço é de R$53,00 e desconta três pontos na carteira de motorista.

Com este número de agentes, o Centro Social informou que no momento não possui vagas disponíveis. “Recebemos solicitações durante todo o ano. Todas são avaliadas, com prioridade de atendimento àquelas pessoas que apresentam maior vulnerabilidade e as demais encaminhamos para a rede de atendimento ou para capacitação profissional”, disse Camila Santana, gerente do Centro Social.

O projeto Área Azul vem ao encontro das finalidades estatuárias da entidade, que visa a inclusão em projetos sociais que possam garantir efetivação da cidadania, assim proporcionando uma vida melhor para todos. “A importância desse projeto, além de atendermos o adulto que trabalha na Área Azul, também, através da arrecadação podemos complementar o nosso atendimento diário a 460 crianças e adolescentes e suas famílias”, falou Camila.

A administração ainda ressaltou a grande importância do projeto para o Centro Social de Votuporanga. “Ele consegue viabilizar para os nossos atendidos melhor condições de vida, sem esse projeto não teríamos condições de proporcionar esse grande atendimento para a nossa comunidade votuporanguense”. Isabela Jardinetti/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password