Mãe incentiva filho a fazer tatuagem de apologia ao crime

Não é raro se ver hoje em dia jovens mulheres tatuando estrelinhas e patinhas, lutadores de Jiu-Jitsu estampando pit-bulls nos braços, roqueiros com os símbolos de sua banda preferida, enfim.

Se tatuar é uma maneira de se expressar social e artisticamente, e pode representar sensualidade, rebeldia ou afeição por qualquer pessoa ou coisa.

Percebe-se que hoje a tatuagem é uma das inúmeras formas que as pessoas utilizam para se distinguir da sociedade de massa em que vivemos.

Como toda forma de expressão, as tatoos também podem ser utilizadas para apregoar crimes, fazer apologia a ilegalidades, identificar membros de uma facção, como veremos abaixo na publicação do competente Sargento Luiz Carlos Pereira Vieira da PM de Aparecida do Taboado através do facebbok:

“Hoje 02/01/2014 por volta das 18h na Rua Belo Horizonte no Jardim Primavera, diversas pessoas de bem informaram a Policia Militar sobre dois Seres Vivos que estaria entrando em três residências que estavam sem moradores naquele momento, pois ou estariam viajando ou trabalhando, como toda pessoa de bem faz.

Deslocamos imediatamente até o local e conseguimos abordar e identificar dois menores com extensa ficha criminal e no celular de um deles havia uma mensagem de texto enviada pela própria mãe que dizia: “A esqueci vai fazer suas tatuagem,si vc fizer policial bom é morto eu pago”.

A mensagem foi enviada em 02/01/2014 13:14:20, momentos antes do menor tentar fazer o furto frustrado pelas pessoas de bem que ainda são a maioria.

Parabéns Mamãe querida, continue assim, incentivando seu filhinho lindo a fazer o mal para as pessoas que arriscam suas vidas para auxiliar as outras.

OBS: Isso não aconteceu na novela das oito, é fato real, aconteceu perto de você”.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password