São Paulo vence Portuguesa e Palmeiras goleia o Botafogo

O atacante Luis Fabiano deixou o gramado do estádio do Morumbi após a vitória sobre a Portuguesa por 2 a 1 mais leve. Depois de mais de um mês fora do time por conta de uma lesão na coxa direita, o camisa 9 marcou o gol do triunfo de virada, o seu segundo no Paulistão. “Atacante vive de gols e dá mais tranquilidade para continuar o trabalho. Eu sabia que uma hora o gol ia sair, o negocio é não abaixar a cabeça”, disse Luis Fabiano.

Depois de um jogo discreto pela Copa do Brasil, contra o Independente, do Pará, o atacante foi bem contra a Portuguesa. Brigou muito com os zagueiros e teve duas boas chances para marcar, além da jogada do seu gol. “Acalma bastante porque muita coisa foi falada nos últimos dias e hoje consegui ajudar o São Paulo ao fazer o gol e dando três pontos ao time”, disse.

O atacante espera agora ter uma boa sequência de jogos para entrar ainda mais no ritmo da equipe. Luis Fabiano se machucou no dia 28 de janeiro, quando marcou seu primeiro gol no duelo com o São Caetano e logo depois deixou o gramado machucado. “Agora temos que trabalhar para melhorar ainda mais”, avisou o camisa 9 tricolor.

Palmeiras goleia

Luiz Felipe Scolari tornou-se neste domingo o segundo técnico que mais dirigiu o Palmeiras na história. A data especial foi premiada com uma goleada sobre o frágil Botafogo, em Ribeirão Preto, por 6 a 2, dois gols de Barcos, um de Maikon Leite, Juninho e Ricardo Bueno e um contra de Marquinhos, diante de mais de 17 mil torcedores. Alessandro e Marco Aurélio diminuíram para a equipe do interior.

Com a goleada fora de casa, o Verdão soma 29 pontos e aproveita os tropeços de Corinthians e Santos para colar no topo da tabela do Campeonato Paulista. Ultrapassa o rival da Baixada e fica a um ponto do arquirrival de Parque São Jorge. Além disso, segue como o único invicto em 13 rodadas do Estadual.

Já o Tricolor de Ribeirão Preto continua com apenas nove pontos, em 17º lugar, na zona de rebaixamento.

Foi a partida de número 368 de Felipão no comando palmeirense (177 vitórias, 104 empates e 87 derrotas, aproveitamento de 57,5% dos pontos). O técnico gaúcho ultrapassou Vanderlei Luxemburgo, que trabalhou em 367 jogos e leva vantagem no aproveitamento (65,7%). Osvaldo Brandão é o recordista, com 580 confrontos. (UOL Esportes).

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password