Luis Fabiano diz que sentiu vontade de largar o futebol

Luis Fabiano admitiu o seu erro nesta quarta-feira. Com apenas 15 minutos de bola rolando, o atacante do São Paulo foi expulso de campo, prejudicando a equipe paulista na final da Copa Sul-Americana diante do Tigre-ARG. O jogador se mostrou bastante abalado depois confronto, que terminou empatado em 0 a 0, e confessou até que sente uma pequena vontade de largar o futebol.
“Vai ser a noite mais doída da minha vida. A noite mais difícil da minha vida depois da morte de meu avô. Eu estou com um sentimento meio estranho hoje. Sentimento que eu nunca tive em toda a minha carreira, de frustração. Um pouquinho de vontade de largar o futebol e viver em paz. Não vou parar de jogar, mas o que sinto é isso. Agora tenho que aguentar toda a pressão, aceitar as críticas e tudo o que vai acontecer até o jogo de quarta-feira. 

Assimilar e tocar a vida. Eu não matei ninguém não”, desabafou Luis Fabiano.”Apesar de ter sido um bom resultado, eu vivia a expectativa de jogar a final no Morumbi, mas, agora, é assumir tudo isso. O ser humano está sujeito a erros. Apesar de ter toda a experiência que eu tenho, às vezes a gente não tem sangue de barata. E eu não tenho, sou desse jeito, e tenho que assumir. Não gosto de levar desaforo pra casa, eu não gosto de tomar porrada. Ele me deu um soco no braço e eu acebei ameaçando o chute”, descreveu.
Luis Fabiano lamentou bastante o fato de não poder ajudar o time na partida decisiva, na quarta-feira que vem, no Morumbi. “Qualquer tipo de ausência vem a prejudicar o nosso time, estava muito bem no jogo. Não vou ter outra oportunidade de jogar uma final como essa. Tudo se encaminhava para uma grande partida”, completou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password