Lixo eletrônico deve aumentar um terço no mundo em 2017

Cada vez mais as pessoas estão ligadas em equipamentos eletrônicos.

Televisores, computadores, câmeras e celulares estão por todo lado. Mas quando eles quebram ou são trocados por aparelhos mais modernos, para onde vai todo esse material?

Segundo um estudo publicado pela Universidade das Nações Unidas, a produção de lixo eletrônico no mundo alcançou quase 49 milhões de toneladas, só no ano passado. Isso dá cerca de 7 quilos para cada habitante do planeta.

E a previsão para os próximos anos não é nada animadora: para 2017, a quantidade de resíduos eletrônicos deve aumentar 33%, alcançando mais de 65 milhões de toneladas.

A pesquisa ainda mostrou que China e Estados Unidos foram os países que mais fabricaram equipamentos eletrônicos e elétricos em 2012 e, consequentemente, foram os que mais geraram lixo desta natureza.

Na América Latina, Brasil e México foram os países que mais produziram resíduos eletrônicos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password