Leucemia: a grande lição da pequena Bia

A emoção tomou conta de todas as pessoas que passaram, neste domingo, 14, pelo Cemitério Jardim da Paz, em Rio Preto, onde foi velado o corpo da pequena Beatriz Migliari de Lima Nascimento, que morreu, aos dois anos e quatro meses, após muito lutar contra a leucemia. Seu sepultamento estava previsto para as 17h deste domingo.

A pequena Bia partiu, mas deixou uma lição muito importante a todos: a de colaborar com milhares de pessoas que lutam contra a leucemia por meio do cadastramento de medula. Um verdadeiro mutirão foi realizado para ajudar a menina, cuja leucemia linfoide aguda, mais comum em crianças, chegou a desaparecer, mas voltou no mês de novembro do ano passado.

Para os familiares, com certeza, outras pessoas que enfrentam a mesma doença poderão ser beneficiadas pelo gesto de dezenas de voluntários, que realizaram o cadastro de medula no Hemocentro.

Muitos familiares e amigos presentes no velório estavam com a camiseta da campanha que mobilizou pessoas para a doeção de medula. Nela, uma mensagem chamava a atenção para esse importante gesto de amor e solidariedade.

Bia foi alvo de uma série de homenagens, recebendo coroas de flores de inúmeras instituições de saúde que acompanharam sua luta desde os cinco meses de vida.

Harlen Félix – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password