Leishmaniose visceral: terceiro caso do ano

Paciente já está em tratamento; equipe de encoleiramento começa atender a região Sul a partir desta segunda-feira

Votuporanga já contabiliza três casos de leishmaniose em humanos. O paciente, um morador do Jardim Planalto, está em tratamento. Como são medicamentos de alto custo, as ampolas ficam centralizadas em alguns municípios de referência, no caso Rio Preto.
O caso foi notificado no último dia 10 e já é o terceiro positivo de leishmaniose visceral em humanos no ano de 2015. Neste ano, não houve nenhum óbito.

Animais
Atualmente, segundo a Secretaria de Saúde de Votuporanga, 450 animais estão doentes e 61 foram eutanasiados (rotina).

Encoleiramento
A equipe do Secez (Setor de Controle de Endemias e Zoonoses) da Secretaria de Saúde de Votuporanga encerrou ontem mais uma semana de encoleiramento.
Iniciada na última segunda-feira, a ação tem horários especiais, oportunidade perfeita para quem ainda não encoleirou seu cão por falta de tempo ou por conta do trabalho. O Programa de Combate à Leishmaniose Canina é desenvolvido pela Prefeitura de Votuporanga, em parceria com o Ministério da Saúde, IAL (Instituto Adolfo Lutz) e a Unifev – Centro Universitário de Votuporanga.
A Zona Noite foi a primeira região a receber a etapa. A partir de segunda-feira, dia 20, a equipe atenderá o setor Sul da cidade. Os moradores podem procurar o Pólo da UAB (Universidade Aberta do Brasil), localizado à Rua Pernambuco, 1.736 – Vila Muniz, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h30, até o dia 24. Na próxima quarta-feira, dia 22, haverá atendimento noturno, das 16 às 21 horas.
A quarta etapa segue até o dia 29 de agosto e o encoleiramento será feito em locais e dias diferentes, passando por todas as regiões da cidade. Em todas as localidades, foi designado um dia para que as ações sejam realizadas no período noturno (conforme programação abaixo).
As coleiras distribuídas são à base de deltametrina 4% e são consideradas como forma mais segura no combate à leishmaniose em cães, pois protege o animal e, consequentemente, os seres humanos.
Só nesta primeira semana de encoleiramento 1.008 cães receberam o dispositivo que repele o mosquito-palha, transmissor da leishmaniose. Na primeira etapa, foram encoleirados 10 mil cães; na segunda, 6.160; e na terceira 6.190 animais.

PROGRAMAÇÃO: 

Data: 20 a 24/07
Local: Pólo da UAB (Universidade Aberta do Brasil)
Endereço: Rua Pernambuco, 1.736 – Vila Muniz
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 22/07, das 16 às 21 horas

Data: 27 a 31/07
Local: Espaço Empresarial “David Mendonça Pontes”
Endereço: Avenida Prestes Maia, 1.629 – Estação
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 29/07, das 16 às 21 horas

Data: 3 a 7/08
Local: Praça Santa Luzia
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 05/08, das 16 às 21 horas

Data: 10 a 14/08
Local: Tiro de Guerra
Endereço: Rua Padre Izidoro Cordeiros Paranhos, 1.949 – Paineiras
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 21/08, das 16 às 21 horas

Data: 17 a 21/08 e de 24 a 28/08
Local: Praça São Bento
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 19/08, das 16 às 21 horas

Data: 17 a 21/08
Local: Salão Paroquial da Igreja São Cristóvão
Endereço: Avenida João Gonçalves Leite, 5.742 – Jardim Alvorada
Horário: 8h às 12h30

Data: 24 e 25/08
Local: Distrito de Simonsen
Horário: 8h às 12h30
Atendimento Noturno: 26/08, das 16 às 21 horas

Data: 27 e 28/08
Local: Vila Carvalho e Bairro do Cruzeiro
Horário: 8h às 12h30. Fernanda Ribeiro Ishikawa/Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password