Leilão com objetos de famosos arrecada R$ 400 mil para ajudar hospitais no combate à Covid-19

De acordo com os organizadores, a camisa do Pelé, da Seleção da Copa de 1970, autografada pelo Rei do Futebol, foi arrematada por R$ 29 mil. A expectativa era arrecadar até R$ 250 mil. Além de São José do Rio Preto/SP, serão beneficiadas instituições de Monte Aprazível/SP, Macaubal/SP, Tanabi/SP e José Bonifácio/SP.

O leilão organizado para arrecadar fundos para ajudar na aquisição de respiradores e de materiais hospitalares no combate ao coronavírus na região noroeste paulista arrecadou mais de R$ 400 mil. O leilão foi online e realizado nesta sexta-feira (27).

A iniciativa foi de um grupo do setor agropecuário e vai ajudar o Hospital de Base de São José do Rio Preto/SP e hospitais da região.

A expectativa era arrecadar até R$ 250 mil. Além de Rio Preto, serão beneficiadas instituições de Monte Aprazível/SP, Macaubal/SP, Tanabi/SP e José Bonifácio/SP.

O leilão teve peças de artistas da música sertaneja, ídolos de esporte e celebridades. De acordo com os organizadores, a camisa do Pelé, da Seleção da Copa de 1970, autografada pelo Rei do Futebol, foi arrematada por R$ 29 mil.

Já o capacete do ex-piloto Emerson Fittipaldi foi arrematado por R$ 30 mil, e o violão usado por Zezé Di Camargo durante os shows, autografado pelo cantor, foi leiloado por R$ 10 mil. O leilão durou mais de 7 horas.

“Hospitais regionais como o HB e as Santas Casas, além dos Lares de Idosos, estão na linha de frente no combate ao avanço do novo coronavírus. Devemos ajudar e fazer a nossa parte”, disse Antonio Cabrera, um dos idealizadores da iniciativa.

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password