Leandro Pereira faz, Verdão bate o Santos e vira o ‘Rei dos Clássicos’

Palmeiras, mas pode chamar de Rei dos Clássicos. Depois de bater o Corinthians fora de casa e triturar o São Paulo no Allianz Parque, o Verdão venceu o Santos por 1 a 0 neste domingo, em casa, e fechará o primeiro turno com 100% de aproveitamento diante de seus rivais estaduais.

A maioria dos 38.220 pagantes (recorde de público do estádio no Brasileirão deste ano) queria ver o paraguaio Lucas Barrios em campo. Mas foi Leandro Pereira, que teoricamente está “esquentando” a vaga do novo centroavante, quem decidiu a partida com um gol bem ao seu estilo: recebeu de Robinho, girou diante da frágil marcação de Werley e estufou a rede com uma pancada de pé esquerdo aos 14 minutos de um primeiro tempo muito monótono.

O Santos, que segue na zona de rebaixamento, lançou-se ao ataque depois do intervalo. Quando o volante Thiago Maia precisou ser levado ao hospital devido a uma preocupante pancada no pescoço, Dorival chamou o ex-palmeirense Marquinhos Gabriel para reforçar o ataque. Neto Berola entrou na vaga de Geuvânio pouco depois e teve a primeira chance clara de empatar, com um chute que passou raspando a trave. Já Gabriel exigiu de Fernando Prass uma grande defesa, aos 35 minutos, antes de dar lugar a Nilson, aos 39.

                                                         Palmeirenses comemoram gol de Leando Pereira (Foto: Alan Morici/LANCE!Press)

Faltou tranquilidade aos visitantes, algo que ficou personificado na figura de Ricardo Oliveira. Capitão, experiente e consagrado, se preocupou mais em arrumar confusão com os palmeirenses do que em jogar.

O Verdão, embora sufocado em certos momentos, até teve chances para matar o jogo no contra-ataque. Mas a imprecisão de Rafael Marques, que dessa vez não brilhou, e de Gabriel Jesus, que substituiu Dudu, atrapalhou. Barrios, chamado aos 27 minutos para estrear na vaga do ovacionado Leandro Pereira, não teve chances para fazer o que mais sabe: estufar a rede.

A suada vitória sobre o Peixe elevou o Verdão ao sexto lugar, a dois pontos do G4 (25 contra 27 do Sport, quarto colocado). O time está há seis jogos sem perder, com cinco vitórias e um empate, e triunfou nos últimos cinco jogos que fez em seu “caldeirão”. Bem diferente do rival, que segue em 17º e ouviu gritos de “Segunda Divisão” após o apito final.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 SANTOS

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data/hora: 19 de julho de 2015, às 16h (de Brasília)
Juiz: Wagner Magalhães (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Correa e Dibert Pedrosa (ambos RJ)
Público/Renda: 38.220 pagantes / R$ 2.741.640,00
Cartões amarelos: Leandro Almeida, Arouca, Egídio e Rafael Marques (PAL); Ricardo Oliveira, Werley e Neto Berola (SAN)

GOL: Leandro Pereira, aos 14’/1ºT (1-0).

PALMEIRAS: Prass, Lucas, Victor Ramos, Leandro Almeida e Egídio; Gabriel, Arouca (Amaral, 17’/2ºT) e Robinho; Rafael Marques, Dudu (Gabriel Jesus, 17’/2ºT) e Leandro Pereira. Técnico: Marcelo Oliveira

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Werley, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia (Marquinhos Gabriel, 22’/2ºT) e Lucas Lima; Gabriel (Nílson, 39’/2ºT), Geuvânio e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Leandro-Pereira-Verdao-Santos-Classicos_0_1396660381.html#ixzz3gNqgnfRk
© 1997-2015 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password