Lavrador pode ter morrido por descarga de raio

A vítima foi encontrada já sem vida debaixo de um pé de laranja, na área rural Tanabi; o laudo com as causas da morte sairá em até 30 dias

Um lavrador morreu possivelmente vítima de uma descarga elétrica de um raio, em uma propriedade rural na tarde da última terça-feira, em Tanabi. Outros trabalhadores encontraram o homem caído debaixo de um pé de laranja já sem vida. O laudo apontando a causa da morte deve sair em até um mês.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 16h, um grupo de trabalhadores realizava a colheita em uma plantação de laranja. Quando começou a chover, o encarregado da turma chamou todos os funcionários para se recolherem no ônibus.

Foi quando todos trabalhadores ouviram um raio seguido de um forte estrondo. Preocupados com a ausência do lavrador Silvio Carlos Siqueira, 45 anos, alguns funcionários voltaram até onde o ele estava e encontraram o mesmo caído debaixo de um pé de laranja.

O Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram acionado. Mas, em decorrência das fortes chuvas, houve muitas dificuldades para as viaturas chegar até o local da ocorrência. Já no local nada pode ser feito, uma vez que a vítima já estava sem vida.

Peritos da Polícia Científica estiveram no local e pelas condições em que o corpo se encontrava, a hipótese levanta é que Siqueira tenha sido vítima de uma descarga elétrica provada por um raio.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Local) onde passou por exames necroscópicos. O laudo apontando as causas da morte sairá em 30 dias.

Alex Pelicer
alex@acidadevotuporanga.com.br

LEG: Vítima morreu antes da chegada do socorro médico

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password