Ladrões rendem e amarram vigia para roubar concessionária

Ladrões armados invadiram duas concessionárias, renderam um vigia e roubaram um carro, além de ferramentas e equipamentos eletrônicos na madrugada deste domingo, dia 10, em Rio Preto.

O assalto aconteceu por volta das 3h30 na Ford Caminho e na Iveco, concessionárias vizinhas especializadas na venda de caminhões, ambas localizadas na marginal da rodovia Washington Luís. Ainda não se sabe qual das duas foi ‘visitada’ primeiro pelos criminosos.

Segundo boletim de ocorrência policial, registrado pelo gerente da Ford Caminho na Central de Flagrantes da Polícia Civil, três homens, todos encapuzados, renderam e amarraram o porteiro que estava no local no momento do assalto. Dois deles estavam armados com revólveres.

Depois disso, os ladrões arrombaram portas da concessionária e levaram uma picape Ford Courier, ferramentas, dois televisores de 50 polegadas, três notebooks, uma garrafa de whisky e o caixa da loja, que o gerente não soube dizer à polícia a quantidade de dinheiro que havia em seu interior.

O circuito interno de monitoramento do estabelecimento foi danificado. Os ladrões levaram o servidor onde as imagens ficariam gravadas. O gerente da Ford Caminho não quis falar com a reportagem do Diário da Região.

Já o gerente da Iveco, concessionária que também foi alvo dos mesmos criminosos, disse que esta é a terceira vez em menos de um mês que o estabelecimento é furtado. Desta vez foram levados um computador e uma televisão de 50 polegadas.

“Já fomos furtados três vezes e a gente não tem nenhuma resposta das autoridades. Fazemos o boletim de ocorrência, a perícita técnica vem aqui, fotografa, e acabou”, disse Waldemar Aparecido da Silva, gerente da Iveco.

O circuito interno de monitoramento da Iveco, assim como o da outra concessionária, foi danificado e a empresa responsável pela segurança do local não conseguiu recuperar nenhuma imagem da ação dos bandidos.

No dia 21 de abril, a mesma empresa foi invadida. Os ladrões arrombaram um cofre e levaram R$ 1,8 em dinheiro, além de um notebook. No semana passada, quando os funcionários chegaram para trabalhar, na segunda-feira, 4, os funcionários encontraram as salas novamente reviradas, mas nada foi levado.

Colaborou Gabriel Vital/Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password