Justiça manda prender motorista que atropelou grupo no réveillon de Urânia

A Justiça acatou, nesta quinta-feira (3), o pedido de prisão preventiva contra o motorista que atropelou pelo menos oito pessoas durante a festa de réveillon na praça de Urânia (SP).

Lucas Matheus da Silva Ribeiro, de 20 anos, foi preso depois que a Polícia Civil de Urânia pediu a prisão preventiva dele. O rapaz foi levado para a cadeia de Santa Fé do Sul (SP). Ele responde ao inquérito por embriaguez ao volante e tentativa de homicídio.

O motorista havia se apresentado na quarta-feira (2) na delegacia de Jales (SP), onde tinha sido ouvido e liberado.

De acordo com a polícia, o rapaz disse durante depoimento que estava saindo do local quando esbarrou com o carro em uma pessoa.

Em seguida, o grupo teria jogado garrafas contra o veículo e um homem teria o acertado com um soco, fazendo com que ele perdesse a consciência e acelerado involuntariamente o veículo.

Entenda o caso

De acordo com as informações da Polícia Militar, o motorista de um carro avançou sobre as pessoas que comemoravam a chegada de 2019 e parou ao atingir uma caminhonete.

Ainda segundo a PM, ele chegou a ser agredido por moradores após o atropelamento, mas conseguiu fugir.

No dia do acidente, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros socorreram as vítimas, que foram levadas para a unidade de pronto-atendimento de Urânia e para a Santa Casa de Jales. Apenas uma vítima permanece internada.

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

5 × 2 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password