Justiça liberta empresário acusado de mandar matar idoso em Valentim Gentil

Industrial de Valentim Gentil vai aguardar julgamento em liberdade.

Um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ) colocou em liberdade ontem (5/12) um empresário de Valentim Gentil W.S. de 51 anos, acusado mandar matar outro empresário, de 67 anos, em julho deste ano.

O recurso contra a prisão foi conduzido pelos advogados votuporanguenses Douglas Teodoro Fontes e Marcelo Leal. “Acreditamos que houve justiça com a concessão da liberdade até o julgamento”, disse Fontes. Ainda não há data para o julgamento final do processo.

A vítima do atentado foi atacada ao chegar a sua casa e levou um tiro de raspão na cabeça. O autor do crime está preso. Segundo a acusação, ele foi contratado por W.S. para matar a vítima.

Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

três × cinco =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password