Justiça faz audiência de presos por morte de Thui Seba

A Justiça de Rio Preto realiza, nesta quinta-feira, 19, a audiência do caso do assassinato do advogado José Arthur Vanzella Seba, morto aos 32 anos. O advogado, filho do secretário de planejamento de Votuporanga, Jorge Augusto Seba, foi assassinado em julho do ano passado, com um tiro na nuca. O sócio dele, Claudio Yuri Baptista, e o peão de rodeio Keyssek Eduardo de Oliveira são acusados pelo crime. Yuri foi denunciado pelo Ministério Público como mandante do crime.

A primeira audiência do caso acontece exatamente um ano após o assassinato, no loteamento Parque dos Buritis, Zona Norte de Rio Preto. Nesta audiência, a juíza da 3ª Vara Criminal, Carolina Marchiori Bueno Cocenzo, deve ouvir os réus e testemunhas, entre elas o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Wander Solgon, que investigou o caso. Depois dos depoimentos, a juíza decide se os acusados vão a júri popular ou não.

A motivação do crime seria a possibilidade de Claudio ser beneficiado com o pagamento de seguro de vida, no valor de R$ 1 milhão, feito em nome de Thui Seba. Ambos estavam prestes a romper a sociedade de uma empresa de seguros por divergências financeiras. Os dois acusados aguardam o julgamento presos no CDP de Rio Preto.

 

Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

cinco × quatro =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password