Justiça Eleitoral diploma prefeita eleita de Valentim Gentil

A Juíza Eleitoral da Comarca de Votuporanga Carolina Marchiori Bueno diplomou no início da tarde desta quinta-feira, a prefeita eleita de Valentim Gentil Rosa Luchi Caldeira e seu vice, Alexandre Ramos.

A diplomação aconteceu após a prefeita eleita obter junto ao Tribunal Regional Eleitoral uma liminar suspendendo a cassação do registro dos candidatos na Comarca de Votuporanga.

A solenidade de diplomação foi tranquila, porém, com muitos amigos, familiares e correligionários de Rosa Caldeira e Alexandre que comemoram muito defronte ao Cartório Eleitoral de Votuporanga.

Para garantir a segurança de todos e não permitir nenhuma outra atitude de provocação, o comando da Polícia Militar colocou um efetivo de policiais e viaturas em frente ao prédio da Justiça Eleitoral. Nenhum incidente foi registrado no local.  Ao diplomoar os eleitos a juíza eleitoral desejou sorte a prefeita eleita e ao seu vice.

Em entrevista a imprensa, a Juíza Eleitoral garantiu que com a diplomação Rosa Caldeira e Alexandre estão aptos a serem empossados no dia 1º de janeiro na Prefeitura da cidade vizinha.

A Justiça Eleitoral da Comarca de Votuporanga tomou conhecimento ontem à tarde, da decisão da relatora Clarissa Campos Bernardo e em cumprimento da decisão emanada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo deferiu a liminar para suspender os efeitos da sentença proferida  nos autos 780-35.2012.6.26.0147, hoje, a partir das 12h30, foi realizada alteração da totalização dos votos e em seguida, os candidatos foram diplomados no Cartório Eleitoral.
Segundo o marido da prefeita eleita, Liberato Caldeira, a liminar suspende os efeitos da sentença proferida pela juíza de Votuporanga, Carolina Bueno Cocenzo. Diante disso, foi feita a retotalização dos votos em favor da candidata Rosa Caldeira. Liberato destacou que seu advogado foi Antônio Tito Costa. Ainda de acordo com o ex-prefeito, Rosa será empossada no dia primeiro de janeiro.
Sobre o recurso de pedido de anulação de registro da candidata, que foi deferida pela juíza Carolina, Liberato afirmou que o processo não será julgado mais neste ano.
Na eleição do dia sete de outubro, Rosa Caldeira obteve 3.937 votos conquistados (53,84%). Adilson teve 3.376 votos (46,16%).

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password