Justiça condena ex-animador infantil a 13 anos e 4 meses de cadeia por estupro em Votuporanga

A vítima é uma criança de 4 anos, que morava na mesma casa que o indivíduo, pois o agressor havia sido acolhido por sua família.

Nesta terça-feira (3), um homem que trabalhava como animador infantil se vestindo do personagem “Fofão” foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão por estupro de uma criança de 4 anos de idade, em Votuporanga/SP. 

De acordo com informações, o indivíduo está preso desde maio do ano passado, quando o crime foi descoberto após a menina reclamar de dores para a professora e chorar ao ir ao banheiro da escola. A criança foi levada para a Santa Casa, onde os médicos constataram a violência sexual.

O indivíduo morava na casa com a mãe da criança e o companheiro dela, do qual era amigo de trabalho.

Na época, a criança chegou ficar na responsabilidade de avós, que moram em outro município, enquanto o processo seguia. Ao aplicar a pena o juiz de Votuporanga escreveu que o tempo de cadeia deve ser cumprido em regime fechado, por se tratar de crime hediondo (estupro de vulnerável).

TRECHO DA SENTENÇA

“…Do exposto, julgo procedente a denúncia, condenando (……….), nos autos qualificado, pela prática do crime dos arts. 217-A, caput, e 61, II, f, do CP. Aplico-lhe a sanção final, motivada, de 13 (treze) anos e 4 (quatro) meses de reclusão, a cumprir em regime inicial fechado, sem direito de apelar em liberdade, porque se trata de delito hediondo e assim vem respondendo ao processo. Seja recomendado. Em sendo interposto recurso por alguma das partes, expeça-se guia de recolhimento provisória. Sem custas, tendo em conta a aparente pobreza do sentenciado…” 

FONTE: Informações | votuporangatudo.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password