JÚRI: vítima alega que não sabe quem é o autor do crime

Começou às 9h15, desta sexta-feira, dia 8, no salão do Júri da Comarca de Votuporanga, o julgamento do réu Uiliam Martins Rodrigues, 35 anos, acusado de tentativa de homicídio contra Leandro Douglas Campos Costa – crime ocorrido no dia 30 de junho de 2014, no bairro São João, em Votuporanga.

Tanto a vítima da tentativa de homicídio, quanto o acusado, estão presos na Penitenciária de Riolândia por outros crimes – tráfico de drogas e roubo – respectivamente.

Em seu depoimento prestado ao presidente do Tribunal do Júri – juiz Drº Jorge Canil, a vítima declarou desconhecer o autor do disparo de arma de fogo que o atingiu nas costas. Em depoimento assinado pela vítima da qual apontava Uiliam como o autor do tiro, em seu depoimento no Tribunal do Júri, Leandro declarou que não tem conhecimento do autor do crime.

A tentativa de homicídio aconteceu na rua Francisco Luiz Ferreira, próximo ao Posto de Saúde do bairro São João. O motivo do crime seria que a vítima acusava o réu de ter furtado o seu aparelho celular.

Por volta das 10h30 – uma hora após o início do julgamento, o juiz já havia ouvido os depoimentos da vítima, do réu e de uma testemunha de acusação – um policial civil que trabalho no caso quando o ocorrido. Neste momento (11h45) acontece os debates de acusação (promotoria pública) e de defesa (advogados).  A expectativa é de que o julgamento termine por volta das 14 horas.

Reportagem/Foto: Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password