Júri condena homem por tentativa de assassinato em Jales

JALES – O Tribunal do Júri da Comarca de Jales, presidido pela juíza da 4ª Vara Judicial, Maria Paula Branquinho Pini, reuniu-se na quinta-feira, 14, para julgamento do réu C.M.A., de 37 anos, acusado de tentativa de homicídio cometida em uma lanchonete do bairro JACB. Ao final do julgamento, os jurados reconheceram a materialidade e a autoria da tentativa de homicídio qualificado e decidiram condenar o acusado, que teve a pena base estabelecida em 12 anos de reclusão. A pena base foi, no entanto, reduzida em 1/3, tendo em vista o reconhecimento, por parte do acusado, da tentativa de homicídio, ficando definida em 8 anos de reclusão em regime inicial fechado.

O crime aconteceu na noite do dia 22 de junho de 2013, em uma lanchonete localizada na Avenida Mirassol, no JACB, quando, por motivos fúteis. CMA tentou matar, a golpes de faca, a vítima VRS. Atingido por um golpe à altura do tórax, VRS foi prontamente socorrido por uma equipe do SAMU e levado à Santa Casa de Jales, onde foi submetido a uma intervenção cirúrgica que salvou sua vida.

De acordo com o processo, na noite do crime CMA estava importunando os clientes e proprietários da lanchonete. Depois de uma discussão com sua mulher, o acusado passou a proferir xingamentos em altos brados, tendo sido orientado pela gerência do estabelecimento e pela vítima, a parar com aquela conduta, caso contrário a polícia seria chamada. CMA deixou o local, mas, momentos depois retornou com uma faca. Apanhada de surpresa, a vítima conseguiu escapar ao primeiro golpe, mas, em seguida, acabou caindo e foi atingido em região letal por um segundo golpe que causou lesão corporal grave, com risco de vida.

CMA não tem antecedentes criminais e poderá recorrer ao TJ-SP.

Jornal A Tribuna

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password