Jovem perde olho ao ser agredida por companheiro

Um morador de rua,  R.G.S., de 26 anos, foi preso pela Polícia Militar na madrugada desta sexta-feira, dia 19, suspeito de tentar matar a pauladas a companheira, A.P.F.R., de 25 anos.

O crime foi denunciado à Polícia Militar por um vigia noturno que passava pela Praça Cívica, onde a vítima foi encontrada caída no chão com a cabeça ensanguentada.

A jovem sofreu traumatismo craniano, perdeu o olho direito e está internado em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital de Base.

Em depoimento ao delegado de plantão na Central de Flagrantes, Jairo Garcia Pereira, o vigia disse ter visto o morador de rua em pé ao lado do corpo ensanguentado da mulher. “Quando o vigia parou para perguntar o que tinha acontecido, o suspeito disse que a mulher tinha sido vítima de atropelamento. Mas ele desconfiou porque não viu sinais de freada de veículo. O vigia disse que ia chamar a Polícia Militar, então, o homem resolveu jogar longe um pedaço de pau que pode ter sido usado para agredir a vítima”, contou o delegado.

O morador de rua foi detido pela Polícia Militar para averiguações e em depoimento na Central de Flagrantes, negou ter tentado matar a jovem. “Na versão dele, a mulher sumiu às 19 horas de quinta-feira e depois, ele a teria reencontrado, por volta da 1 hora da madrugada desta sexta-feira, caída no chão, com grave ferimento na cabeça”, disse o delegado.

O suspeito permanece preso em uma das celas da Central de Flagrantes. A Polícia Civil aguarda que a Justiça decida pela prisão temporária de cinco dias.
Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password