Jovem morre após bater moto em caminhão em rodovia

ARAÇATUBA – Maria Eliana Souza, de 31 anos, morreu após se envolver em um acidente de trânsito na manhã desta quarta-feira (1º), na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba.

Ela conduzia uma moto quando foi atingida por um caminhão carregado com adubo, conduzido por um motorista de 32 anos, que estava na contramão. A vítima chegou a ser socorrida com vida pelo Resgate do Corpo de Bombeiros até a Santa Casa da cidade, mas não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o acidente ocorreu por volta das 9h, no quilômetro 57 mais 500 metros, trecho onde começa a sinalização realizada por funcionários do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) devido a obras que estão sendo feitas na pista.

Os policiais rodoviários informaram que o motorista do caminhão seguia no sentido Santo Antônio do Aracanguá e estava aguardando na fila, atrás de outros sete veículos, a passagem dos que vinham no sentido contrário.

“Nesse trecho, os funcionários do DER bloqueiam a passagem dos veículos entre cinco e dez minutos para poder liberar o outro sentido por causa das obras e sinalizam com cones e bandeirolas”, informou o policial André de Souza Lopes. Segundo ele, o trabalho é realizado com uma medida preventiva contra acidentes. No entanto, antes que a via fosse liberada, o motorista invadiu a faixa contrária. Nesse momento, a vítima, que conduzia uma Honda Titan preta, bateu de frente com o caminhão. O motorista tentou desviar para o acostamento e chegou a bater em uma placa de sinalização da pista, mas não conseguiu evitar a colisão.

PARADA CARDÍACA 
A assessoria de imprensa da Santa Casa informou que a vítima chegou ao hospital em parada cardíaca. Conforme apurado, ela teve politraumatismo e foi submetida a manobras de ressuscitação realizadas pela equipe médica do setor de Urgência e Emergência, mas não resistiu. Constatada a morte, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) do município, onde passou por necrópsia e foi liberado aos familiares para o velório e enterro.

À Folha da Região, o motorista negou ter invadido a pista contrária. “Ficamos parados cinco minutos na fila. Quando o pare abriu, eu segui, mas não estava na contramão. A moça veio com a moto e tentei desviar, mas ela bateu no lado direito da frente do caminhão”, contou. O motorista disse que vinha de Paranaíba (PR) com destino à Jataí (GO), onde mora e descarregaria o adubo com o irmão, que dirigia outro caminhão. O teste do bafômetro realizado pelo acusado teve resultado negativo. Ele responderá por homicídio culposo (sem intenção) em acidente de trânsito.

Folha da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password