Jovem morre ao renunciar à quimioterapia para se tornar mãe

MUNDO – Uma mulher de 26 anos de idade, que optou por não se submeter à quimioterapia depois de ser diagnosticada com câncer, enquanto estava grávida, acabou dando à luz um bebê saudável, mas, infelizmente, morreu.

Qiu Yuanyuan nasceu em 1988 na província de Shandong, na China. Ela se mudou com o marido Zhang Qixuan para Zhengzhou, para trabalhar como apresentadora de TV em 2010.

“Ela era uma trabalhadora ambiciosa e consciente”, disse seu colega de trabalho. “Trabalhar 14 horas por dia era normal para ela, e ela nunca reclamou”.

Qiu descobriu que estava grávida em março, mas também foi diagnosticada com câncer avançado durante um exame na gravidez, ocorrido em julho.

Tentando preservar a saúde do bebê, ela resolveu não realizar a quimioterapia, fazendo com que as células cancerosas se espalhassem rapidamente por seu corpo.

“Ela sabia que nada poderia ser perfeito, mas ela disse que não iria se arrepender do que tinha feito,” disse Zhang.

Em setembro, Qiu ficou gravemente doente e teve de ser enviada a um hospital para tratamento. Ela foi submetida a duas cirurgias.

Após 20 dias de tratamento, os médicos disseram para a família de Qiu que seu câncer havia se espalhado para além do ponto de controle. Ela voltou para Zhengzhou com sua família.

Qiu morreu no último dia 10 de dezembro, quando sua família se preparava para comemorar o centésimo dia do bebê da mulher.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password