Jovem de Santa Adélia morre por gripe suína

A jovem Jéssica Aparecida Mambelli, de 21 anos, de Santa Adélia, morreu vítima de gripe suína (H1N1) após permanecer internada durante cinco dias no Hospital São Domingos, em Catanduva.
Ela morreu na terça-feira, dia 26, dois dias depois da confirmação da doença.

Essa é a segunda morte por gripe suína na região de Catanduva neste ano. Em 14 de janeiro, Rosinalva Lima Zanella, de 38 anos, moradora de Tabapuã, morreu em decorrência da doença.

O secretário de Saúde de Santa Adélia, Fabrício Franco, afirma que Jéssica tinha síndrome de Down, pesava 150 quilos e sofria de obesidade mórbida. “Na semana passada, ela foi atendida na Santa Casa de Santa Adélia com sintomas de gripe, mas, como o quadro clínico dela complicou, a família achou melhor fazer a transferência para o Hospital São Domingos, em Catanduva”, diz o secretário.

Marco Antonio dos Santos

Os exames apontaram a contaminação pelo vírus e o tratamento foi iniciado. Mas a jovem morreu cinco dias depois da internação. O enterro ocorreu no dia 26, no cemitério de Santa Adélia. “Vamos investigar como ela contraiu o vírus da H1N1, porque Jéssica não saía de Santa Adélia. Por prevenção, vamos tratar todos os casos de gripe como suspeita de H1N1 e encaminhar para o Hospital Padre Albino.”

Na região de Catanduva, já são três casos confirmados da doença e outros 13 casos em investigação.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password