Jogador tem diarreia, e Barueri fica “preso” em Fernandópolis

A situação do Grêmio Barueri não é das mais tranquilas no momento. O time que está na última posição da Série A3 do Campeonato Paulista, sem nenhum ponto conquistado em 12 jogos, e ainda é investigado por suposta manipulação de resultados. Na última quarta-feira, perdeu mais uma, para o Fernandópolis.

Após o jogo, o time precisou ficar um dia a mais hospedado no hotel em Votuporanga, 35km do local da partida – o zagueiro Thaô passou mal e precisou ser atendido na Santa Casa de Fernandópolis. Segundo o técnico Edinho Poá, o jogador teve diarreia e náusea. Assim, a comissão preferiu esperar pelo atleta para seguir viagem no dia seguinte a Barueri.
– Tivemos um problema com um atleta com diarreia, náuseas, após o jogo, por causa do esforço excessivo. Almoçamos bem, estamos bem hospedados. Ficamos com medo de colocá-lo no ônibus para viajar 560 km apenas com soro. Além as náuseas e diarreia, ele teve tontura. Então demos um descanso maior para ele no hotel e dos jogadores.
O treinador negou que a permanência no hotel em Votuporanga esteja está ligada a falta de dinheiro no clube.
– As diárias foram pagas, senão não teria um clima tranquilo no elenco aqui no hotel, aproveitamos então para descansar também.
O Barueri está na última posição da Série A3, sem nenhum ponto conquistado e na próxima rodada enfrenta o Inter de Limeira, no domingo, às 10h, na Arena Barueri.

Créditos da matéria: Região Noroeste

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password