Jardineiro é agredido por recusar programa sexual

Um jardineiro de 47 anos foi agredido na noite de segunda-feira, no bairro Santana, em Araçatuba, após se recusar a fazer programa sexual com uma doméstica de 30 anos.
A mulher estava acompanhada de um pintor de 32 anos. Os dois atacaram a vítima com socos e aproveitaram para roubar R$ 7. A dupla foi presa em flagrante pela Polícia Militar.
Por conta da violência sofrida o jardineiro teve quebraduras no nariz e está com a visão do olho esquerdo comprometida. Ele passou por atendimento no pronto-socorro do Santana, foi medicado e liberado. Segundo boletim de ocorrência, o jardineiro foi abordado pelo pintor, que estava acompanhado da doméstica.
Após a primeira negativa, o jardineiro teria recebido uma nova proposta para fazer sexo com a doméstica por R$ 10.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password