Ipem orienta ao consumidor a fazer dupla pesagem de alimentos

Supermercados podem ser autuados caso falte peso na embalagem. Peso líquido deve estar separado do peso da embalagem.

O consumidor precisa ficar de olho no peso dos produtos que, nesta época do ano, são vendidos tipicamente pesados individualmente. Uva passa, castanhas, panetones caseiros e damascos podem ser pesados novamente em balanças disponíveis nos supermercados, caso o consumidor tenha dúvida sobre o peso.

Segundo Roseli Honda, diretora do núcleo do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), os supermercados podem ser autuados caso falte o peso da embalagem nos produtos. “O consumidor tem que ficar atento. Ele pode pegar o produto e levar até uma balança para fazer a conferência e verificar se está correto ou não. Além disso, o supermercado tem que ter essa balança sempre à disposição para pesagem”, afirma Roseli.

De acordo com a diretora, todas as bandejas e embalagens plásticas têm que ser descontados do peso total do produto. “A medição na balança deve ser sempre superior ao do peso líquido do produto e desse valor devem ser descontados a caixa, o papelão, papel, plástico, tudo que não for referente ao alimento deve ser descontado”, orienta.

O supermercado que não estiver de acordo com a lei pode ser autuado e se não corrigir a situação pode receber uma multa que varia de R$ 640 a R$ 30 mil. O consumidor pode fazer denúncias pelo telefone da auditoria do Ipem, 0800-130522. G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password