Inter demite Dorival Júnior; impasse deixa Dunga distante

O Internacional anunciou na manhã desta sexta-feira a demissão do técnico Dorival Júnior. O clube perdeu do Atlético-MG por 3 a 1 na última quarta-feira e está na oitava colocação do Campeonato Brasileiro. O presidente Giovanni Luigi já tinha um acerto com Dunga para assumir o clube colorado, mas um impasse no tempo de contrato impede a vinda do ex-treinado da Seleção Brasileira.

Luigi fechou verbalmente com Dunga na última quinta-feira, mas o tempo de contrato atravanca a negociação. O ex-volante quer acordo até o final de 2013, mas a atual diretoria termina seu mandato ao final deste ano e não pode garantir a permanência do treinador.

Outras alternativas estão sendo avaliados. Uma delas é o treinador do time juvenil e ex-goleiro Clemer. Ele vem fazendo um bom trabalho nas categorias de base com jovens que atualmente estão no time titular, como Otávio e Fred. Adilson Batista, demitido do Atlético-GO, e Nelsinho Batista, no Japão, também estão sendo considerados.

Dorival foi anunciado em agosto de 2011 no lugar do ídolo da torcida Paulo Roberto Falcão, dois dias depois da derrota por 2 a 1 para o Independiente, da Argentina, na primeira partida da Recopa Sul-Americana. O time se recuperou, venceu por 3 a 1 no Beira-Rio e conquistou o título.

No Campeonato Brasileiro, ficou em quinto lugar, conseguiu vaga na Libertadores deste ano e caiu apenas nas oitavas de final para o Fluminense. Em 2012, ainda venceu o Campeonato Gaúcho e havia perdido apenas duas partidas no Brasileiro.

No total, Dorival comandou o Internacional em 64 partidas. Foram 33 vitórias, 18 empates e 13 derrotas, com um aproveitamento de 61% dos pontos.

Os auxiliares Ivan Izzo e Lucas Silvestre, além do preparador físico Celso de Rezende, também foram afastados

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password