Instituições de Fernandópolis conhecem Farmácia do Centro Cirúrgico da Santa Casa de Votuporanga

Profissionais visitaram o setor de OPM – Órteses, Próteses e Materiais Especiais para utilizá-lo como modelo 

A Farmácia do Centro Cirúrgico da Santa Casa de Votuporanga conta com um setor de OPM – Órteses, Próteses e Materiais Especiais, que é responsável por todo o processo que envolve equipamentos utilizados em procedimentos cirúrgicos de alto custo e para restabelecer a saúde do paciente. O setor recebeu nesta quinta-feira, dia 27 de novembro, a visita de representantes da Santa Casa de Fernandópolis e da Universidade Unicastelo.

O objetivo foi usar como referência o setor para a implantação de um semelhante em Fernandópolis. “Estamos representando a Comissão de Qualidade para conhecer esse serviço e levá-lo para a nossa cidade e a escolha de Votuporanga se deu justamente devido ao controle e a qualidade que o Hospital possui, sendo uma referência para a nossa região”, destaca a vice-provedora da Santa Casa de Fernandópolis e representante da Unicastelo, Dra. Sandra Godoy.

A responsável pelo setor de OPM da Farmácia do Centro Cirúrgico da Santa Casa de Votuporanga, Laura da Rocha Amato, ressalta sobre a oportunidade de apresentar o serviço. “Esse reconhecimento significa que estamos fazendo um bom trabalho, mas não podemos nos esquecer que sempre temos que melhorar, para oferecer condições ainda melhores aos nossos pacientes e equipamentos que necessitam.”

O setor de OPM se encarrega de todo o processo que envolve orçamento, cadastros de fornecedores, conferência, orçamentos e estoque de materiais de alto custo utilizados no Centro Cirúrgico. Participaram também da visita, a farmacêutica da Santa Casa de Fernandópolis, Carina Giacomino; o encarregado de Custos, Fabrício Barbosa e o docente da Unicastelo, Richard Bryer.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password